Como plantar Guanandi PDF Imprimir E-mail

O Guanandi é uma planta que se regenera muito bem à sombra, por isso, em sua fase de viveiro, recomenda-se sombreamento de intensidade média (50%). Para um bom desenvolvimento das mudas, deve ser feita a adubação de base - com Nitrogênio (N), Potássio (K) e Fósforo (P) - e a adubação de cobertura, com Nitrogênio (N).

O Guanandi necessita, também, de podas, pois sua desrama é fraca.

A pleno sol, o plantio puro deve ser evitado, sendo recomendado o plantio misto, associado a espécies pioneiras e secundárias. Já em vegetação arbórea matricial, em faixas abertas na floresta, o plantio deve ser feito em linhas.

O espaçamento ideal fica em torno de 3 X 2 metros, o que possibilita de 1.000 a 1.500 mudas por hectare. Desta forma, depois do plantio e em virtude da incidência de luz nas entrelinhas, o maior trabalho será controlar o mato e fazer a desbrota anualmente, tarefa que consiste em retirar raminhos e brotos que, posteriormente, formariam galhos e atrapalhariam o crescimento vertical da planta. No entanto, após o encontro das copas das árvores, a incidência de luz diminui e o problema é resolvido, bastando esperar o tempo de corte.

{jcomments on}